EN

Que comecem as aventuras

A Casa Fortunato descansa na esquina de uma suave colina num dos bairros mais centrais da cidade, Amoreiras, e é ladeada por uma avenida com um corredor de árvores.

O bairro é um dos mais “recentes” da capital – o termo recente é usado de forma lata se considerarmos que Lisboa é a mais antiga cidade do Ocidente – e as casas na zona começaram a surgir no virar do século, trazendo às artérias citadinas uma mistura arquitetónica vibrante, com palacetes a coexistirem com residências em linhas art-deco, bem como criando uma comunidade que tem tanto de fulgor manifesto como de abrangência. Aqui, há familiares dos residentes originais que ainda chamam o bairro de casa, há estudantes que aqui chegam para um dia a dia temporário que pode facilmente virar permanente, há inserção de habitantes internacionais que contribuem para criar uma área com sentido de comunidade neste recanto lisboeta. Entre as moradias palacianas, há uma série de lojas fantásticas, restaurantes incríveis, cafés acolhedores, serenos jardins, museus inesperados e o testemunho direto do dia a dia descontraído dos nativos. Há muito para ver e fazer na zona, mas os nossos favoritos são:

O Museu Calouste Gulbenkian: o edifício moderno e simples que alberga tesouros extraordinários coleccionados pelo magnata de petróleo, Calouste Gulbenkian, ganha dimensão maior pelos jardins repletos de refúgios que o rodeiam, um espaço verde que esconde passeios delineados por árvores, um auditório ao ar livre e sombras na relva que servem de primeira fila para os patos que se passeiam pela propriedade como se fossem lordes. A Gulbenkian é um oásis cultural e a nossa primeira recomendação neste roteiro lisboeta.

O Príncipe Real é considerado um dos bairros mais cool de Lisboa: recheado de restaurantes, bares, lojas, galerias, antiquários e edifícios históricos, não esconde que é, de facto, uma das mais liberais e boémias zonas da capital. Passe o dia a demorar-se na calçada portuguesa em frente às montras ou descanse sob a sombra de um dos cedros no Jardim do Príncipe Real, enquanto observa de perto o dia a acontecer.

O Parque Eduardo VII é uma extensão verde enorme – cobre cerca de 25 hectares – e fica apenas a uma curta caminhada de distância da Casa Fortunato. Aconselha-se ocupar um lugar no extenso relvado e ficar a admirar de cima da colina o horizonte e morfologia citadinos que esta vista panorâmica oferece, demorando a vista sobre os telhados em tom tijolo de Lisboa que se estendem até ao Tejo, ao fundo, onde o olhar termina. A geometria do espaço com arbustos cuidados, corredores de árvores e caminhos de calçada tradicional levá-lo-ão, caso decida segui-los, à Estufa Fria, cujo lago à entrada e os recantos de flora tropical como palmeiras, catos e fetos neste refúgio da natureza mágico vão transportá-lo para outra dimensão – ou Era.

As casas nas Amoreiras foram edificadas por famílias ricas que imaginaram para si a vida idílica de morar no centro da cidade, mas com escapatória rápida até à praia como forma de fugir facilmente da azáfama urbana. Da Casa Fortunato, chegar ao areal e beira-mar implica uma viagem de carro de apenas 15 minutos. Quinze minutos e está numa das praias ou baías mais bonitas da costa portuguesa, onde as ondas banham a areia dourada e a banda sonora marítima embala horas a fio quem procura a descontração.

Na Casa Fortunato, cozinha-se com amor, um traço patente nos pratos incríveis que são espelho da qualidade dos ingredientes locais, elementos-estrela em cada criação gastronómica. Sabor, harmonia e sempre irresistível, aqui alimenta-se o corpo tanto quanto a alma.

São nove quartos apenas, mas deveras afortunados: o nove é um número sagrado que representa não só sabedoria mas é também símbolo de realização e plenitude. Como um número que se assume de grande poder e magia, não poderia estar mais de acordo com a atmosfera que surge dos valores únicos da Casa Fortunato.

Somos a Filipa e o António e, juntamente com os nossos quatro filhos – e cão! -, pegámos num sonho que há muito partilhávamos e transformámo-lo numa realidade excepcional que dá pelo nome de Casa Fortunato. Com muitos anos de planos, mas muitos mais de amor, mal podemos esperar por partilhar tudo o que alcançamos.

Siga-nos no Instagram

BOOK NOW